Arquivo

Archive for the ‘Lançamentos’ Category

Android Magic-o da HTC chega ao Brasil

1253664027 (23/09/2009) 6 comentários
HTC Magic - Primeiro aparelho com Android a aparecer oficialmente no Brasil [EDIT]: Essa foto é de um Magic sem Sense, como os aparelhos vendidos em outros países [/EDIT]

HTC Magic - Primeiro aparelho com Android a aparecer oficialmente no Brasil [EDIT]: Essa foto é de um Magic sem Sense, como os aparelhos vendidos em outros países [/EDIT]

Quinta-feira passada (17/09/2009) foi lançado no Brasil o HTC Magic, primeiro smartphone com Android a aparecer oficialmente por aqui. (Auto-intitulada) Líder internacional na plataforma do Google, a empresa chegou firme para demarcar território com o aparelho. Além do Android, temos mais algumas ótimas novidades, como a presença do HTC Sense e a fantástica tela do aparelho. E algumas novidades não tão boas, como a inexistência de um acordo com o Google sobre apps para o aparelho. Mas vejamos sua mágica.

O HTC Magic é da nova geração de aparelhos da HTC, que tenta acompanhar a nova geração de usuários de smartphones. Hoje muito mais do que nunca aparelhos dessa categoria tem muito mais de uma função na vida das pessoas. Além disso, a tendência corrente é que os aparelhos fiquem conectados (praticamente) o dia todo, para os mais diversos usos. O Magic é uma ótima maneira encontrada pela HTC de encarar esses novos desafios. (E eu emprestei esse parágrafo de parte do discurso do apresentador do produto =P).

A grande mágica trazida pela gigante Taiwanesa nesse dispositivo foi o HTC Sense (que merece um post só para ele), conceito de experiência de usuário que será empregado pela empresa em seus dispositivos com Android. A ideia central do conceito é permitir que o usuário seja capaz de criar um aparelho único, que seja completamente aderente às suas necessidades. Projeto ambicioso. Mas não é que a HTC conseguiu!?

Tão fantástico é o Sense que até hoje não se viu (eu não vi, você viu?) nada parecido quando o assunto é personalização em dispositivos móveis. É possível por exemplo criar diversos perfis para um mesmo usuário. Isso parece simples (e realmente é) mas é uma ideia com muito potencial. Imagine ter configurações diferentes do seu aparelho para trabalho, idas a shows, aulas e o que mais for necessário. O que você precisa naquele momento da sua vida é o que o aparelho te oferece. E para cada perfil, você tem várias telas para colocar seus aplicativos mais usados, widgets e tal.

E isso é uma novidade exclusiva, ao menos por enquanto, do público brasileiro. Ao que tudo indica, lá fora, o Magic não têm (tinha?) o Sense. Ponto para eles.

Software com certeza é o forte desse aparelho. Clientes para Facebook, Flickr, Picasa, Twitter, You Tube, Gmail, Google Maps, Google Talk, Google Calendar, … ufa. E eu nem terminei a lista. E ainda melhor: tudo isso integrado! Com certeza o sonho de muita gente realizado. Mas eles levaram isso a sério mesmo: o dispositivo oferecerá acesso até ao Street View do Google Maps.

Essa você já deve ter ficado com a pulga atrás da orelha. Se tem Street View, deve ter flash. Tem mesmo. Eu não diria que é o melhor suporte de flash do universo, mas pelo menos o suporte existe, o que para esse tipo de dispositivo já é bastante coisa.

O discador do aparelho também promete fazer mágica. Chamado espertamente de Smart Dialer, ele promete encontrar com apenas algumas teclas o contato que você procura. A ideia é deixar que o aparelho encontre o contado para você, sem muito esforço. Só experimentando para ver.

Outros dois softwares muito interessante são o Footprint e o Barcode Scanner. O primeiro é uma aplicação muito útil para gerenciar fotos com geotagging e comentários. Tire fotos, guarde a posição onde tirou, comente-a. Volte no mesmo lugar anos depois e a aplicação de mostra os momentos ali registrados. Muito simples, muito útil. A segunda, um scanner de códigos de barra que utiliza serviços do Google para encontrar informações sobre o produto associado ao código de barras. Outra aplicação que todo mundo quer, mas não sabia quando teria acesso.

Smart Dialer, Street View e Barcode Scanner - E isso é só uma parte do que o HTC Magic tem a oferecer

Smart Dialer, Street View e Barcode Scanner - E isso é só uma parte do que o HTC Magic tem a oferecer

No hardware, tenho um ponto forte a ressaltar, antes de mais nada. É mais uma das novidade que realmente deixa o queixo no chão. A tela do aparelho é capacitiva e multitouch! (Apple que se cuide.) Além disso, tem resolução de 320 x 480 pixels (HVGA) em 3.2 polegadas com 64k cores. Veja parte das especificações do aparelho:

Processador Qualcomm® MSM7200A™, 528 MHz
Memória ROM: 512 MB
RAM: 288 MB
Display LCD TFT de 3.2 polegadas, com 65.536 cores, resolução HVGA 320 x 480 pixels, tela capacitiva sensível ao toque.
Câmera Câmera colorida de 3.2 MP com foco automático.
Teclado Teclado virtual
Navegação Track ball
Botões de atalho (home, menu, back, search, verdinho e vermelinho)
Bateria Bateria recarregável de íons de Lítio
Capacidade: 1340 mAh
Dimensões 113mm C x 55,56mm L x 13,65mm E
Peso 116g com a bateria
Redes HSPA/WCDMA: 850/2100 MHz
Velocidades de até 2 Mbps de up-link e 7,2 Mbps de down-link
Quad-Band GSM/GPRS/EDGE: 850/900/1800/1900 MHz
Conectividade Bluetooth® 2.0
Wi-Fi®: IEEE 802.11 b/g
Mini USB 2.0 de 11 pinos e conector de áudio
GPS Antena GPS integrada
Expansão microSD™ (compatível com SD 2.0)

O resto do hardware não tem nada de muito extraordinário. Processador Qualcomm MSM7200A de 528 MHz, igual ao de outros modelos da marca, como Hero, Touch Pro 2 e Touch Diamond 2 e de outros aparelhos como Sony Ericsson Xperia X1 e X2 e o Samsung GT-i7500 Galaxy. A quantidade de RAM é um pouco superior ao que estamos acostumados a ver nos smartphones atualmente: 288 MB nele contra 256 MB na média. Bluetooth, Wi-Fi, acelerômetro e GPS, o que atualmente não é mais que obrigação num aparelho da cateoria. E o armazenamento interno é bem pequeno, apenas 512 MB, o que praticamente exige uma expansão por meio da entrada MicroSD disponível. E para finalizar, a informação da duração da bateria: “depende do uso” (!?).

Botoẽs do HTC Magic: home, menu, back, search, verdinho e vermelinho, além do track ball

Botões do HTC Magic: home, menu, back, search, verdinho e vermelinho, além do track ball

Ao contrário de diversos aparelhos da nova geração que andam vindo com pouquíssimos botões (ou nenhum no caso do N900), o Magic vem com vários: home, menu, back e search, os clássicos verdinho e vermelinho, além de contar com uma track ball. Home e menu não são muito diferentes do esperado. O back oferece navegação para trás, tela a tela, também como esperado. E o search abre as buscas contextualizadas do aparelho, que prometem ser revolucionárias (mas veremos).

Outras informações são um grande mistério. Preço sugerido: vai depender das operadoras (Oh!). Operadoras que vão oferecer o dispositivo: ninguém sabe. (Ou seja, o preço vai ser decidido por ninguém sabe quem.) Disponibilidade no varejo (aka venda de desbloqueados) também é uma incógnita. Acordo com o Google para vender apps por aqui: inexistente e ninguém sabe se vai sair em algum momento ou quando sairá caso saia. Praticamente todas as questões comerciais estão em aberto. Você está perdido? Nós também.

Com ingredientes requintados como os usados no HTC Magic, fica difícil errar a receita. Hardware bastante razoável munido de uma fantástica tela capacitiva multitouch. Conceito HTC Sense com grande poder atrás de sua simplicidade. Android como plataforma, rica e flexível. Uma mistura que tem tudo para dar muito certo. Pelo menos se o escuro em que estamos com relação as questões comerciais não atrapalharem.

Anúncios

Outros anúncios realizados no início de Setembro

1252232193 (6/09/2009) Comentários desligados

O começo de Setembro foi marcado pelos anúncios de smartphones e notebooks feitos pela Nokia, HTC e Sony. O evento da Nokia, já bem coberto pelo Panaggio, ganhou bastante foco e foi bem comentado no Twitter. Por conta disso os lançamentos das outras empresas ficaram com um pouco menos de destaque, mas agora serão apresentados.

HTC Touch 2
HTC Touch 2

HTC Touch 2

O Touch 2 é a nova versão do Touch, aparelho da HTC que fez sucesso por suas dimensões reduzidas e pela introdução de uma nova interface, destinada ao melhor uso com os dedos. A nova versão continua sendo uma opção mais modesta da empresa, mas apresenta um conjunto mais completo de recursos. A tela não evoluiu, continua sendo de 2.8″ com resolução QVGA (320×240), porém o aparelho apresenta A-GPS, câmera de 3.15mpx (sem auto-foco), 3G (HSDPA 900/2100 MHz), WIFI, acelerômetro e passou a ser quad-band GSM. Agora conta com uma entrada de fone de ouvido padrão 3.5mm e mantém o mini-USB para a troca de dados.

A grande mudança do aparelho se deu em desempenho, passando a contar com um processador Qualcomm de 528 MHz e 256MB de RAM. Essa evolução garante um melhor uso da nova interface da HTC, o TouchFLO 3D, que apresenta efeitos bem bonitos e trabalhados e que dispensa o uso da stylus. A nova interface já é executada sobre o Windows Mobile 6.5.

O aparelho pode ser encontrado para pré-venda por $469.99 (loja). O valor fica bem abaixo de outros aparelhos de maior luxo da HTC, como Touch Pro 2, encontrado por $699.99 na mesma loja. Seu lançamento está previsto para o dia 6 de Outubro na Europa.

Sony Ericsson Xperia X2
Sony Ericsson Xperia X2

Sony Ericsson Xperia X2

Outra evolução, dessa vez anunciada pela Sony Ericsson, foi o Xperia X2. Equipamento com um custo elevado desde sua versão inicial, o X2 aumentou um pouco sua tela, passando a ter 3.2″, mas manteve sua resolução em 800x480pixels. Seu teclado QWERTY slide foi mantido, bem como suas características de conectividade, sendo quad-band GSM e tri-band 3G (HSDPA 900/1900/2100). A-GPS, Bluetooth e WIFI foram mantidos e a entrada miniUSB deu lugar ao microUSB, acompanhando a tendência dos fabricantes. Seu desempenho, que já atraía a atenção na primeira versão, manteve o mesmo nível (agora não muito diferente padrão do mercado), com processador Qualcomm 7200 528 MHz e 256 de RAM.

As evoluções ficaram a nova versão do Windows Mobile 6.5, que também conta com um trabalho de interface, pelo XPERIA panels user interface, acréscimo de saída para TV e acelerômetro. Porém, o diferencial do aparelho ficou por conta da câmera. São 8 MP (3264×2448 pixels) com auto-focus, LED flash, touch focus, geo-tagging, detecção de face, estabilizador de imagem e smart contrast. O bom conjunto de recursos para captura de imagem e vídeo se sobrai frente a outros aparelhos com Windows Mobile, como os da HTC e Samsung.

Um ponto estranho observado é necessidade de se abrir o teclado para rotacionar a tela, o que poderia ser realizado automaticamente quando o usuário utiliza o aparelho na posição horizontal. O Xperia X2 possui acelerômetro, que além ter várias aplicações em jogos e inutilitários aplicativos, serve para auxiliar identificar a posição de uso do aparelho.

Sony Vaio X

Outro anúncio feito pela Sony foi o notebook Vaio X. As especificações completas do equipamento não foram divulgadas, mas entre os destaques estão sua fabricação com fibra de carbono e as dimensões reduzidas com 1,4cm de espessura e tela de de 11,1″, conjunto que confere ao aparelho o peso de 680g. Como é de se esperar, assim que espessura e peso entram como destaque aparecem as comparações com os notebooks da Apple e da Dell, agora acompanhadas pelo Booklet 3G da Nokia.

Notebook Tela Espessura Peso
Sony Vaio X 11,1″ 1,4 cm 0,68 kg
Dell Adamo 13,4″ 1,6 cm 1,81 kg
Apple MacBook Air 13,3″ 1,94 cm 1.36 kg
Nokia Booklet 3G 10,1″ 1,99 cm 1,25 kg

Apesar das comparações, o equipamento da Sony pode estar mais próximo do Booklet 3G do que dos demais, existindo rumores de que ele seria um netbook. A proximidade com o equipamento da Nokia não pára por aí, já que portátil terá 3G embutido e uma bateria de longa duração.

Via engadget e gizmodo.

O que rolou no Nokia World 2009

1252162808 (5/09/2009) 5 comentários

Acabou. E já faz algum tempo. E nós aqui ficamos na vontade.

O evento foi de arrebentar. Na realidade, não o evento, nem os keynotes, que foram pouco comentados em sua maioria. O que vai ficar na lembrança desse NW são os diversos lançamentos feitos pela marca. Foram muitos. Inclusive em áreas em que a Nokia não é muito atuante, como serviços e dispositivos que não são celulares.

Para resumir o evento e pagar promessas, eis o resumo do que foi apresentado por lá. Impossível ser muito profundo, ou vocês cairiam mais ainda de sono ao final do post. Mas os pontos importantes estão todos aí. Qualquer assunto em aberto ou dúvida, não deixe de comentar.

Nokia X3

Nokia X3

Nokia X3

O lançamento mais simplório do Nokia World 2009. Um daqueles aparelhos mais antigos reembalados, só com a carinha nova. Vem até sem touchscreen. É um aparelho bonito, com design mais novo e integrado aos novos serviços lançados pela Nokia. Devo parte dessas informações e críticas ao Vegetando, que conseguiu ver algo nele além do simplório. Esse é o novo modelo padrão da Nokia. Se preparem para vê-los por aí.

Nokia X6

Esse sim, um X que vale a pena falar sobre. Tanto que foi um dos aparelhos mais citados na cobertura pelo Twitter. Esse aparelhinho que não parece muito diferente da sua metade é o primeiro celular Nokia com touchscreen capacitiva! Antes que alguém tenha dúvidas, ele tem sim uma bela tela de 3.2″ com sensor capacitivo. Por dois motivos: 1) Foi confirmado pela Nokia (apesar de ter rolado uma grande confusão com relação a isso) e 2) é fisicamente impossível até onde entendo da física por trás dos sensores de toque (por conta das películas metálicas) ter uma tela resistiva atrás de um vidro (resistente a riscos; ver especificação da tela).

Nokia X6

Nokia X6

Como diversos outros lançamentos, vem com mais algumas características interessantes, como memória interna de 32GB, camêra de 5 megapixels, GPS e acelerômetro. Só que nem tudo é perfeito: não há entrada para cartão, então contente-se com os 32GB internos. Outras coisa interessante é que o aparelho vem com alguns jogos instalados. Mas não tem direcional. Se vira com a tela.

Nokia N97 Mini

Nokia N97 Mini

Nokia N97 Mini

Muito parecido com seu irmão maior (N97), o Petit N97 é basicamente o irmão pequenino. É alguns milímetros menor em todas as dimensões (tirar centímetros seria uma tarefa para Hércules); 12 gramas mais leve (o que deve ser bem difícil de perceber); tem tela de 3.2″, contra 3.5″ do irmão mais velho. E parece que as vantagens acabam por aí. Se é que isso é vantagem para todo mundo.

Outras coisas também diminuíram no mini: a bateria dura 20~33% a menos (o que deve fazer muita diferença); a memória interna vai até 8GB apenas, enquanto o N97 chega a 32GB; e não tem suporte nativo a video-chamadas. E o mais importante: o Petit N97 é €70 mais barato (€529 em preorder) que o valor padrão do antecessor (€599).

Nokia 5800 Navigation Edition

Nokia 5800 Navigation Edition

Nokia 5800 Navigation Edition

O 5800 Navigation Edition (vamos ser mais íntimos e chamá-lo de 5800NE) é pouco diferente do irmão 5800 Xpress  Music (5800XM, se me permitem). Ao invés de vir com música (tradução tosca de Comes With Music), esse vem com mapas da Ovi Maps, licenciado para sempre para voice-guided driving e walking directions (que em português ficam tão toscos quanto a tradução anterior). Além de vir em outra cor, uma característica que o Vegetando não me deixou esquecer. Importantíssimo.

Nokia 5230

Nokia 5230

Nokia 5230

O 5230 tem como foco os usuários que curtem compartilhar fotos, vídeos, utilizar redes sociais e tal, mas que não precisam de um N97 para sobreviver. Com design bem parecido com o 5800 (tanto o XM quanto o NE), vem com suporte nativo ao Ovi Share, serviço de compartilhamento da marca finlandesa, e a diversas redes sociais. Os únicos problemas são a memória interna miudinha (70MB) e a câmera de apenas 2.0 megapixels. O primeiro, ao menos, é possível resolver utilizando um microSD. O segundo, paciência.

Nokia N900

Nokia N900

Nokia N900

E por fim. Tchan-tchan-tchan-tchan! O aparelho mais esperado. De longe o maior lançamento da Nokia no NW09. Só foi um pouco ofuscado pela tela capacitiva do X6, mas nada que tirasse sua majestade.

Como seu hardware foi largamente discutido pelo Vegetando aqui, vou me concentrar nas informações mais importantes que surgiram no Nokia World deste ano. O feedback do pessoal que brincou com ele foi muito grande. Praticamente tudo o que se falou foi positivo. Tela com resposta rápida, hardware gráfico muito bom, navegação intuitiva, aplicativos muito interessantes, e (praticamente) tudo isso é softwarte livre! =) Um aparelho que não deixa nada a desejar com relação aos mais requintados smartphones da marca, como o N97 e o Petit N97. E bate de frente com dispositivos de outras marcas também, inclusive aquele lá.

Nokia N900

Nokia N900

Se você também está com pressa, o N900 já está disponível em pré-venda em vários lugares do mundo (como twitado por mim) por €599 na Europa (Itália, Alemanha e outros países) e $649 nos EUA (aproximadamente R$1300).

Nokia Booklet 3G

Nokia Booklet 3G

Nokia Booklet 3G

Antes de mais nada, uma péssima notícia para mim: esse brinquedo vem com 7 pecados embutidos. Coisa triste. Mas é fato que vão colocar software livre para rodar nele. É só uma questão de tempo. E o tempo é só para ele aparecer. Porque o resto vai ser rapidinho.

Se você conhece alguns netbooks, verá que a especificação do Booklet não tem nada de mágico. Disco de 120GB. Belo case de alumínio. Baixo ruído.  Wifi e 3.5G. SMS. GPS. BlueTooth. HDMI. Nada de muito fantástico até aqui. O ponto forte do pequeno é a bateria: promessa de 12 horas de uso! Isso significa que nunca mais precisaremos ficar caçando tomadas nas coberturas de eventos. Fio agora, só do mouse!

Serviços

Ovi

Ovi

É um telefone bem mais básico para o público que não tem dinheiro ou não se adapta a telefones touchscreen.. É como lançar um celular antigo, mas com um design diferente, algumas facilidades de software (integração com serviços mais novos) e uma forma de prender o usuário a serviços.. (ovi.. )

No evento, a Nokia mostrou que está mudando de posicionamento no mercado. Não querem mais apenas ser criadores de gadgets maravilhosos. O objetivo agora é entrar fundo no mercado de aplicações para dispositivos móveis, numa jogada muito parecida com a feita pela Apple anos atrás. Estão correndo atrás do prejuízo.

Começando pelo Ovi SDK Beta, kit de desenvolvimento que foi anunciado por lá. Mesmo em beta, é um passo importante para os desenolvedores de aplicações para a plataforma. É o primeiro passo para entrar num dos maiores mercados da mobilidade.

Mas não foi só isso. Foram anunciados também vários serviços novos, como o Ovi lifecasting, que integra redes sociais e serviços de mapas, e o Ovi Maps Beta for mobile, que promete uma nova experiência em serviços de mapas. Outro serviço que foi expandido foi o Nokia Messaging, que ficou mais social, funcionando como cliente integrado  para várias redes sociais.

Concluindo

O evento se foi. Mas os lançamentos estão todos aí em preorder. E esse é um ponto interessante do efeito Nokia World: não há um só aparelho disponível (aka Now Available) para compra: todos estão em peorder mesmo. Caso você seja um felizardo e conseguir um desses, de um alô. E não se esqueça de nos escrever se puder emprestar os aparelhos para fazermos reviews.

Nesse Nokia World, a Nokia mostrou que expandir horizontes é sua nova política. Booklet, serviços, Ovi SDK. E também que ainda sabe, como sempre soube, criar os melhores dispositivos do mercado. Agora, é só esperar para colocar a mão em alguma novidade.

Categorias:Eventos, Lançamentos

Nokia N900 – Especificações

1251855067 (2/09/2009) 1 comentário

Nokia N900

Desde o dia 7 de Agosto vários comentários e expectativas surgiram a respeito do aparelho RX-51, que passou pela aprovação da FCC.  Finalmente, no dia no dia 29 de Agosto, a Nokia oficializou o anúncio do N900 e suas especificações foram divulgadas.

As especificações confirmaram alguns dos indícios apresentados anteriormente, como a utilização da nova versão do Maemo, uma câmera com maior qualidade e o principal: o aparelho finalmente se tornou um telefone celular.

Este último ponto acaba com várias dúvidas e frustrações que ocorriam após a primeira olhada no N800 ou no N810. As especificações eram ótimas, a tela grande e empolgante e o aparelho poderia ter diferentes aplicações, só que faltava algo que fizesse o usuário reconhecer que seria interessante levar o aparelho a vários lugares e que justificasse investir o dinheiro em sua compra. Tudo tinha que ser pesado contra a possibilidade de comprar um celular com câmera de melhor qualidade e acesso a rede gsm, que ainda poderia contar com subsídio das operadoras.

Esse problema, somado ao potencial de expansão – uso de cartões de memória, ter USB Host, boa quantidade de memória RAM, sistema operacional baseado em GNU/Linux, etc. – tornava o dispositivo uma preciosidade para geeks, mas ainda encontrava alguma resistência por causa do preço. Com a queda brusca dos preços por promoções encontradas em grandes lojas (Submarino, Americanas, FNAC, Wallmart, entre outros.), diversas pessoas não resistiram à vontade e compraram o aparelho (como os autores deste blog). Muitas dessas pessoas acabaram se arrependendo ou reconhecendo o impulso e devolveram o produto ou o venderam algum tempo depois.

Especificações
Tela: 800 x 480 Touch Screen
Tamanho Dimensões: 110.9 x 59.8 x 18mm
Peso: 181 g
Teclado Slide-out QWERTY
Frequência de operação Quadriband GSM ( 850, 900, 1800, 1900)
3G WCDMA ( 900, 1700, 2100 )
HSDPA/HSUPA

EDGE Class A
GPRS Class A
Processamento Processador TI OMAP 3430 – 600 MHz
1 core
CPU Type ARM Cortex-A8
Processamento Gráfico PowerVR SGX with OpenGL ES 2.0 support
Memória SDRAM Memory 256 MB
NAND Memory 768 MB (Pode ser usada como memória virtual)
Armazenamento 32 GB
Cartão de memória Micro SD, com Hot Swap e capacidade máxima de 16 GB
Outras características Acelerômetro 3D
Sensor de luz ambiente
Sensor de proximidade
Saída para TV
A-GPS
Alto-falante independente integrado (handsfree)
Maemo Update, Nokia Maps, Ovi Files, Ovi Share, Themes, Still Image Editor
Navegador Web Baseado no Mozilla
Compatível com HTML, XHTML e Flash
Multimídia Câmera CMOS Sensor 5.0 Megapixel (Resolução: 2584 x 1938 )
Zoom Digital 3 x
Recursos: Auto Exposure, Auto Focus, Carl Zeiss Optics, Exposure Compensation, dual led flash, Tessar™ Lens
Gravação de Vídeo em Resolução 848 x 480
Gravação de Vídeo a 25 fps
Zoom Digital em Video de 4 x
Formato de Gravação de Vídeo MPEG-4
Streaming de Áudio/Vídeo
Transmissor FM (88.1 – 107.9 MHz)
Câmera Secundária (640 x 480)
Conectividade Bluetooth 2.1 +EDR A2DP
Micro USB
Nokia AV 3.5mm
UPnP
USB 2.0 High-Speed
USB Mass Storage
Perfis Bluetooth A2DP, AVRCP, FTP, HFP, HSP, OPP
WLAN support 802.11b/g WEP, WPA e WPA2 (AES/TKIP)
Mensagens IM, SMS
E-mail (Mail for Exchange) IMAP4, POP3, SMTP
Nokia Messaging
Documentos suportados Excel, PDF, Powerpoint e Word
Bateria e Energia Bateria BL-5J 3.7V 1320 mAh
Carregamento por USB

Especificações técnicas (Retirada das especificações encontradas em Nokia Forum)

Superado o problema do potencial de compra por parte dos usuários, o N900 apresentou um conjunto satisfatório de recursos, dos quais alguns serão destacados.

Desempenho do aparelho

O processador e a quantidade de memória RAM foram uma boa surpresa, ao contrário do que ocorreu quando o N97 foi anunciado. Depois do N95 existiram algumas novidades, como os aparelhos com Symbian s60v5 com tela touchscreen, como o 5800 e o N97, ou com tela AMOLED do N85. Apesar de serem recursos interessantes, não traziam uma experiência realmente nova de uso.

A memória RAM, apesar de em alguns lugares ser anunciada como sendo de 1GB, contém 256 MB de SDRAM e outros 768 de memória NAND que pode ser usada como memória virtual. É importante ter a possibilidade de usar memória virtual, mas é preciso ter a noção de que o uso desse tipo de recurso não tem desempenho equivalente ao que seria obtido com 1GB de RAM.

N900 ao lado de outros aparelhos

N900 ao lado de outros aparelhos

Tamanho

Vindo de uma linha de aparelhos razoavelmente grandes como o N800 e o N810, o N900 está compacto. Em geral, ele é um pouco maior do que os smartphones existentes, no entanto é possível encontrar aparelhos que se sobressaem quanto a algumas de suas medidas. Sua “espessura” é menor do que a do N95, seu comprimento menor do que o N97 e seu comprimento e sua largura são menores do que os do IPhone (http://sizeasy.com/page/size_comparison/25183-N900-vs-N97-vs-N96-vs-N95-GB). Com isso é possível ver aparelhos com dimensões próximas às do N900, como o N95 e o Iphone, sendo utilizados por um público variado, não restrito a geeks que não se importam de carregar um tijolo-faz-tudo.

Mensagens Multimídia

Como pode ser notado nas especificações completas do aparelho, não há referência à existência mensagens multimídia (MMS). A falta desse recurso foi comentada por @petermaemo, responsável pela equipe de marketing do Maemo, em entrevista exclusiva ao FreeBird entrevista coletiva nota oficial um fórum.

Segundo Peter, o suporte a mensagens multimídia é uma característica importante, mas o aparelho dá condições para enviar fotos através da Internet. Os usuários aos quais o aparelho se destina têm como pretensão compartilhar fotos de alta qualidade utilizando Flickr, Facebook, Picasa, Ovi e outros.

Apesar de a falta de MMS recurso que nunca utilizei em um celular dar uma sensação de restrição, os argumentos podem ser considerados válidos. Contudo, ainda fica a expectativa de que esse recurso seja incorporado em uma atualização.

Suporte para manter a inclinação.

Evolução com relação aos antecessores

Uma boa melhoria que fizeram com relação ao N800/N810 foi manter o suporte no próprio aparelho sem fazer com que este bloqueie entradas e funções importantes como entrada USB, de cartão de memoria ou outro tipo de tecla.

O suporte, por sinal, está menor e mais discreto. Ao que indicam as fotos, ele está presente na margem que envolve a câmera. Porém, pelo fato de estar alocado à esquerda e de não cobrir toda a largura do aparelho, é possível que ocorra algum balanço ou movimentação quando a tela for tocada no canto superior direito.

As imagens divulgadas passam a impressão de que o material tem uma boa qualidade e que não passa a impressão de fragilidade apresentada pelo N800. O resultado parece ser próximo ao que é a parte da frente do Nokia 5800, que lembrou bastante N900, apesar de ser mais fino e possuir botões na parte inferior da tela.

Logo mais será iniciado o Nokia World 2009 e novas informações devem ser apresentadas junto com o lançamento do N900. Em breve deve sair um post do @panaggio a respeito do Maemo (cobrança pública de promessa :] ).

Categorias:Lançamentos Tags:, ,

Nokia World e o lançamento oficial do N900

1251825600 (1/09/2009) 3 comentários

O mundo vai parar. Mas isso é amanhã.

Sim. Amanhã será um grande dia para os apreciadores de gadgets. Será um grande dia para o mundo do software livre (nesse caso nem tanto). Amanhã será lançado o mais novo smartphone/MID/PDA/Internet Tablet/celular mega-boga da Nokia.

Nokia World 2009

Nokia World 2009 - Stuttgart, de 2 a 3 de Setembro

Mas não só isso. Amanhã e quarta-feira (2 e 3 de Setembro) acontece o Nokia World 2009 (acompanhe no twitter pela tag #nw09), evento da Nokia onde regularmente são feitos lançamentos bombásticos de produtos e serviços da empresa Finlandesa. O evento promete esse ano, com diversos keynotes interessantes e de pessoas muito importantes no mundo móvel coorporativo (mais essa segunda parte que a primeira).

A principal atração para diversas pessoas — eu e Vegetando incluídos nesse grupo —  será o tão esperado lançamento do novo Internet Tablet da marca, o N900, mais novo sonho de consumo de inúmeras pessoas, será lançado oficialmente amanhã.

Preview do N900. Quem aí não quer um?

Preview do N900. Quem aí não quer um?

Não consegui identificar dentre os keynotes qual será o tão esperado momento. O que sabemos é que o evento começará às  9 da manhã em Stuttgart, Alemanha. Na real, o evento começa às 8:00, mas vai rolar credenciamento e cafézinho até às 9:00, se nada atrasar. Como nesse momento eles estão no timezone GMT +2 (GMT+1 e mais uma hora do “horário de verão” deles) e nós no GMT -3, devemos começar a ver vídeos no YouTube e notícias em blogs e no twitter dos keynotes a partir das 4 da matina. Como ninguém deve acordar nesse horário para ficar ligado nas notícias, aguardem resumos do eventos após o termino, lá pelas 18:00 horas lá (13:00 aqui).

Aguardem aqui no Free Bird mais informações direto de Stuttgart. Não, não estou lá. Só estou tentando ficar ligado no que se passa por lá.